PET EEL

Estrutura Interna

Como dividimos a carga horária do grupo?

Os integrantes do PET executam 22 horas semanais de atividades. Sendo 9 dessas horas relacionadas as atividades de gestão interna e as demais 13 horas os membros dedicam-se às pesquisas. 

Como são organizadas as atividades de gestão interna?

O PET EEL é dividido em 8 Grupos de Trabalhos (GT’s). No início de cada semestre é feito um Planejamento Estratégico onde cada GT estabelece objetivos ao longo do semestre. 
Utilizando o modelo de acompanhamento Scrum, quinzenalmente realizamos reuniões com os membros de cada GT para o repasse de atividades e avaliação dos resultados. 
Além disso, toda terça-feira às 12h, todos os membros realizam a Reunião Geral, mantendo o grupo sempre alinhado.

Seminário

Durante o semestre cada petiano deve apresentar um seminário sobre um tema de sua livre escolha fazendo com que desenvolvam a oratória. Esses seminários são abertos ao público e acontecem toda sexta-feira às 12:15 na Sala de Reuniões de Engenharia Elétrica.

Treinamentos

Os treinamentos podem ser feito com ministrantes externos ou ministrantes internos. O objetivo é desenvolver novos conhecimentos, seja esses conhecimentos técnicos, de gestão de pessoas ou de organização.

O cargo de coordenador do grupo é ser responsável por liderar, motivar, acompanhar e organizar os bolsistas para a execução das atividades do grupo, além de garantir que estejam dentro dos objetivos do programa.
É dever do coordenador perceber as dificuldades do grupo e propor soluções, incentivar a participação de todos de forma ativa, representar o grupo PETEEL em atividades externas e perante a Pró-Reitoria, monitorar as atividades e zelar pelo cumprimento dos prazos das atividades definidas em reunião de planejamento, marcar, organizar e moderar reuniões gerais.

Os membros de Qualidade são responsáveis pela preservação do grupo e do seu espaço físico. Fiscalizar a organização da sala e sua preservação, o consumo e compra de materiais, o desempenho e comprometimento dos membros, o cumprimento de metas, edição e criação de documentos e atualização das ferramentas de informação.
Ao coordenador de Qualidade, cabe a orientação de todos esses procedimentos, a distribuição de tarefas e a idealização das formas de melhor cumprir as designações do GT.

Cabem ao GT de marketing a gestão e controle da imagem e propaganda do grupo. A manutenção atualizada do site, da página e do perfil do Facebook com notícias sobre o processo seletivo, exposição dos projetos, divulgação dos seminários, minicursos e palestras e publicações da área de engenharia. Além disso, também é responsável pela confecção de material gráfico e de divulgação, como camisetas e folders.

O GT de Extensão e Eventos é responsável pela organização de eventos como cursos, minicursos, palestras, debates, viagens técnicas, incluindo todos os aspectos de sua realização (contatos, programação, etc).

O GT de P&P é responsável pelo acompanhamento das pesquisas e projetos realizados pelo grupo. A forma como esse acompanhamento é feito cabe ao coordenador de P&P definir, escolhendo uma metodologia que se adeque ao grupo. Definir metas curtas e palpáveis para os projetos internos e realizar um acompanhamento mais amplo para as pesquisas em laboratório tem se mostrado eficaz.
O coordenador de P&P é ainda responsável por, caso necessário, conversar e orientar os membros quanto a suas pesquisas e projetos, no caso de dúvidas sobre para qual área migrar ou qual projeto escolher.
Além disso, é ele quem auxilia os calouros no Desafio dos Calouros e entra em contato com as empresas para o estágio de férias do grupo.

O secretário é responsável por acompanhar e auxiliar o coordenador geral em suas atividades e dar suporte a atividades de grupo. Dentro de suas principais atividades estão registrar as atas das reuniões do grupo, reservar locais e equipamentos para realização de atividades do grupo e buscar preservar a cultura do grupo. Além disto, é responsabilidade do secretário a realização do processo seletivo.

O tesoureiro é responsável por controlar e registrar todas as movimentações financeiras do grupo, realizar pagamento de contas e serviços contratados pelo PET EEL, comprar os materiais listados pelo grupo de qualidade e liberar e controlar reembolsos.

O coordenador de InterPET é responsável por representar o grupo perante os outros PETs de Santa Catarina. 
É função do GT, comparecer na reunião semanal do InterPET, e atualizar o grupo das pautas discutidas, além de levar o posicionamento do PET EEL nas reuniões.